Mais uma vez vejo-me a dirigir na Cidade Azul. E mais uma vez noto a falta de educação dos nossos motoristas. Onde está o bom senso do ser humano? Nesta última sexta-feira tive um compromisso no Centro de Tubarão. Segui por algumas ruas de costume e, como sempre, assustei-me com a falta de cuidado dos motoristas, a irritação deles ao volante.

O desrespeito dos pedestres e à sinalização. Parecem ter esquecido que todas esta regras foram criadas com o intuito único de proteger vidas. Em praticamente todas as vezes que me dirigi ao centro da cidade, notei vários “quase acidentes”, que apenas são evitados na última hora.

Eu mesmo tive que, várias vezes, frear rapidamente para evitar uma batida ou atropelamento. Mas o que ocorre se eu – ou outros motoristas – me distrair ao volante? Ocorreria o que corriqueiramente vemos nos jornais: acidentes com vítimas, muitas vezes com morte.

O que devemos fazer? Ora, ter mais respeito pelo próximo, não se imaginar sozinho no trânsito, seguir todas as normas e, é claro, ser mais racional! Não esqueça que o mais importante não é você chegar em um local mais cedo, mas sim com segurança, sem riscos, e, inteiro.