Você que é trabalhador e se esforça todos os dias com a intenção de alcançar seu crescimento pessoal e profissional, seja funcionário público ou privado, observa que os anos estão passando e você continua estagnado. Enquanto isso, você fica assistindo de camarote seus colegas crescerem a cada ano, e sua revolta crescendo na mesma proporção, sem entender o que acontece. Por que está esquecido se é preparado e competente? Fique sabendo que não basta apenas ser competente, tem que dar uma “puxadinha de saco”.

Eu prefiro os competentes, pois eles têm mais conteúdo, e geralmente são respeitados pelos colegas de trabalho, que sabem que sua promoção foi por merecimento. Em contrapartida, os “puxassaco” são vistos pelos colegas com maus olhos e geralmente são “engolidos” por seus subalternos. Se você é da ala dos “puxassacos” e mesmo assim não consegue a tão sonhada promoção, fique sabendo que você, além de “puxassaco”, é incompetente e idiota. Apesar de não gostar dessa “raça”, vou passar a você os dez mandamentos de um bom “puxassaco”.

1°) Procure saber qual marca de cigarro seu chefe fuma, compre um maço igual e coloque no bolso da frente de sua camisa, passe na frente dele, para que ele possa ver. No dia que ele esquecer de comprar o cigarro, vai saber a quem recorrer, para pegar um cigarrinho emprestado. E você vai estar lá, firme e forte. Mesmo que você não fume, não esqueça disso.

2°) Introduza o cigarro na boca de seu chefe e acenda para ele, mas fique atento e observe se a chama do isqueiro está baixa. Você não pode correr o risco de queimar o bigode dele, seria um erro fatal.

3°) Converse muito com seu chefe, diga a ele que é bonito e competente, mesmo que ele seja velho careca e barrigudo.

4°) Vá ao velório da vovozinha de seu chefe, dê um abraço apertado nele e chore junto, não esqueça de soluçar.

5°) Promova churrascos em sua casa e convide seu chefe. Procure saber qual cerveja ele bebe, a carne que ele mais gosta, etc…

6°) Não se intimide com colegas que queiram ser mais “puxassacos” do que você. Puxe o tapete deles.

7°) Deseje saúde a seu chefe, vai que ele espirra na sua ausência.

8°) Exercite sua falsidade diariamente, dando tapinhas nas costas do chefe.

9°) No dia do aniversário de seu chefe, tenha a iniciativa de preparar uma festinha surpresa para ele, arrecadando o dinheiro dos colegas de trabalho, que vão ficar “putos” da cara, pois vão perceber que você só lembra do aniversário do chefe.

10°) De vez em quando, apareça de surpresa na casa do chefe, elogie sua residência, supervalorize seu automóvel, brinque com seus filhos. Porém, nunca, nunca, diga que a esposa do chefe é bonita. Ele logo vai perceber que você está mentindo.

Esta história foi baseada em fatos reais. Porém, eu não acredito em “puxassaco” coelhinho da páscoa, papai noel, mula sem cabeça…