Após oito anos de era Lula, o PSDB deverá voltar a administrar o Brasil e, para isso, conta com três nomes de peso para concorrer à presidência da república em 2010: o governador de São Paulo, José Serra; o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, e o ex-governador paulista, Geraldo Alckmin. Os três com bagagem administrativa e ética suficiente para fazer com que nosso país volte aos trilhos do desenvolvimento, da moralidade e probidade.

O governador José Serra desponta rumo ao planalto ao nomear Geraldo Alckmin seu secretário de estado, o qual, certamente, será um dos apoiadores de sua candidatura, restando agora, dois pré-candidatos, José Serra e Aécio Neves.

Com tudo isso, a esperança da juventude brasileira cresce a cada dia. Um exemplo disso foi a estruturação do “Movimento Pró Serra”, que em Santa Catarina engloba as juventudes do PSDB, PPS e DEM, protocolizando apoio à candidatura do governador paulista, fundamentando este apoio na origem do candidato que foi participante efetivo em movimentos estudantis, sempre batalhando pela democracia em plena ditadura militar e ainda em suas ações implementadas no governo do estado de São Paulo em favor da juventude, transformando sua administração na mais atuante na área.

José Serra ingressou na política sendo presidente da União Estadual dos Estudantes de São Paulo em 1962/1963, transformando-se no ano seguinte em presidente da União Nacional dos Estudantes, a UNE.

Em seu primeiro exílio, Serra formou-se em economia, obtendo diploma de mestre na área pela Universidade do Chile, neste período também foi funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU).

Já no segundo exílio, Serra deslocou-se para os Estados Unidos, onde novamente formou-se como mestre em ciências econômicas e depois retornou ao Brasil, onde ajudou a fundar o PSDB, foi secretário no governo Montouro, deputado constituinte e, em 1994, foi eleito senador com a maior votação do Brasil, sendo chamado por Fernando Henrique Henrique para ser ministro de planejamento e, posteriormente, foi ministro da saúde. Em 2004, foi eleito prefeito de São Paulo e, em 2006, governador do seu estado.

E por tudo isso que o “Movimento Pró Serra” acredita que José Serra é o pré-candidato que reúne melhores condições de vencer o pleito de 2010 e governar o Brasil nos quatro anos seguintes, entretanto, deixa-se bem claro que, se Aécio for o escolhido pelo partido, a juventude também estará ao seu lado.