Semana passada, tivemos mais uma vez a prova de que a união de forças é essencial para as conquistas dos pleitos prioritários ao desenvolvimento regional. Reunidos com o governador do estado, Luiz Henrique da Silveira, tivemos a oportunidade, enquanto lideranças empresariais e políticas, de reivindicar mais uma vez a efetivação da Arena Multiuso, que, definitivamente, incluirá Tubarão e região no circuito cultural e de turismo de eventos do estado.

Ficamos otimistas com o resultado do encontro, primeiro porque tivemos mais uma vez a confirmação de que o governador pactua conosco do pensamento de que uma obra dessas é essencial para o desenvolvimento. Segundo porque vimos que, com união, é possível reforçar a importância de um projeto, ainda que ele seja importante por si só, mas a ponto de tirá-lo do papel. É claro que isso dependerá, contudo, do empenho do governador em realizar a obra, mas estamos confiantes, vencendo etapas dia-a-dia.

Nossa carência de infra-estrutura tem sido continuamente debatida. Mas precisamos também destacar a nossa carência de bons locais e estruturas capazes de trazerem cultura e turismo de negócios à nossa região, preocupação que a Acit sempre teve, a ponto de incluir esta prioridade no Conselho Político Empresarial para o Desenvolvimento da Região.

Em um pólo universitário, prestador de serviços, não é possível que se permaneça esta lacuna, impedindo que grandes eventos aconteçam aqui e, assim, atraiam turistas e visitantes, para que possam comprar em nosso comércio, desfrutando ainda de nossas belezas naturais e movimentando inevitavelmente a economia regional.

Estamos despertando e seguindo o exemplo de outras regiões do estado, mais competitivas, porque aprenderam a dar as mãos mais cedo. Agora, no entanto, já vemos com otimismo este momento, pois sabemos que os resultados virão já que estamos unidos.

Continuaremos unidos e determinados, focados nas soluções para o desenvolvimento de nossa região. Que venham aeroporto, portos, rodovia. Que venha a Arena Multiuso. Que venham novos desafios e experiências e, com eles, a possibilidade de crescimento não só regional, mas, sobretudo, de cada um de nós.