Janeiro de 2011… Estamos a 365 dias para adentrarmos na Era da Espiritualidade. É momento de reflexão!
Momentos de reflexão sempre foram necessários ao homem para ir ao encontro de si mesmo! É o melhor caminho e a única forma “real” para eliminar “mágoas e ressentimentos”, buscar a paz interior e a harmonia absoluta perante as pessoas que fazem parte de nossa vida e o próprio ambiente que vivemos.
 
Momentos de reflexão são momentos de diálogo “aberto e franco” com Deus, que habita em nosso interior… Uma conversa “franca” com nós mesmos que se transforma em “oração” e agradecimento a Deus, a tudo e a todos!
 
Momentos de reflexão servem para avaliarmos situações vividas, sem interceder sobre nós o “espírito” de cobrança, de crítica ou de lamentações… O que passou, passou… O mais importante é o agora… Se cometemos erros ou “deslizes”, ou, ainda, tenhamos fracassado em alguns pontos, que nos sirvam de lição para crescermos como pessoas.
 
A melhor reflexão é aquela em que começamos perguntando a nós mesmos, nos questionando de forma singela, como tem sido nossa vivência perante a sociedade, para com o país e, em especial, para com nossa família, que envolve: os pais, sogros, esposa ou esposo, filhos, namorado ou namorada… Com nossos patrões, funcionários e colegas de trabalho ou amigos de estudos… Enfim… Uma autoavaliação sobre os sentidos de um abraço, um beijo, um olhar meigo, um sorriso, um gesto de carinho e de afeto acompanhado por aquela palavrinha mágica “te amo” para com nossos familiares que podem fazer a diferença para que o outro se sinta amado, valorizado e feliz e, sem dúvida, no que diz respeito ao romantismo na vida conjugal, que cria um clima de aconchego e intensa sensualidade entre o casal, que se completa com o ato de “pensar e sentir o que o outro, então, pensa e sente”, que os coloca na mesma sintonia de doação mútua para fazer o outro feliz, ou ainda, sobre a falta de coerência em relação a nossa vivência perante a comunidade e no que diz respeito à religiosidade inerente à fé que habita no âmago de cada pessoa.
 
Eis por que o ano de 2011 é um ano muito especial para todos nós… Um ano decisivo para, através da “reflexão” e da religiosidade, cultivarmos pensamentos puros e elevados perante tudo e todos para mantermos nossa mente radiosa e direcionada à prática de atos de bem e de amor ao próximo e ao meio em que vivemos para manifestarmos nossa essência divina como filhos de Deus que somos. 
 
Estes são alguns dos caminhos que Jesus Cristo nos ensinou e mostrou para uma vida mais radiosa e feliz.
Entretanto, como vivemos no mundo onde tudo é transitório, nada mais somos do que tripulantes, nada mais justo do que nos direcionarmos a Deus através de momentos de reflexão e oração para agradecer e buscar o encontro com nós mesmos, e a harmonia com tudo e com todos.
O segredo para uma reflexão está no ato de agradecer com um simples muito obrigado!
 
Estas duas palavras, unidas ao ato de perdoar, estão ligadas diretamente ao amor e à fé e possuem o poder de eliminar mágoas e ressentimentos e conquistar a harmonia plena e absoluta com tudo, com todos e com nós mesmos.
Este é o segredo para conquistar a paz interior e a felicidade!
 
Sim… Devemos manter nossas mentes e corações direcionados a Deus a todo o momento, sem nos privarmos de viver intensamente o que a vida nos oferece neste vasto e maravilhoso mundo das formas e dimensões, onde todos, sem exceção, buscam ardentemente a felicidade.
Mas, afinal… O que é felicidade?
 
Eis um questionamento pessoal para uma autoanálise nos momentos de reflexão e encontrarmos as respostas que precisamos para viver com plenitude as maravilhosas sensações que a vida nos oferece, já que a felicidade se manifesta de várias formas e dimensões, de acordo com as circunstâncias da vivência humana.
 
2011… Ano de grandes mudanças para conquistar a verdadeira felicidade que está ligada diretamente às opções que escolhemos para a vivência no dia a dia…