Com certeza, você deve ter achado o título estranho. Mas não está errado. Esta foi uma das perguntas lançadas aos alunos do ensino médio da Escola Jovem, de Tubarão, durante a feira de ciências e exposição de trabalhos. A atividade, que reuniu dezenas de estudantes de outras escolas da região, serviu também para o fechamento do eixo temático do bimestre.

Eles fizeram uma pesquisa de campo para encontrar subsídios para desmistificar esta coisa chamada imposto. E foi a partir da pesquisa que concluíram: nem a escola pública é gratuita. Alguém paga por ela. Adivinha quem!? Todos nós, cidadãos!

“Tentamos criar um pensamento crítico nos alunos, até para que eles valorizem mais o que têm e a sua escola, que é pública, mas não é gratuita. Pelo contrário, nós também pagamos por ela, e não é barato”, conceitua a assessora pedagógica da Escola Jovem, Maria Ana Rocha de Souza.

Nesta sexta-feira, os professores da Escola Jovem, de Tubarão, debatem o eixo temático do próximo bimestre: meio ambiente! Além deste encontro, os educadores também participarão de uma palestra, cujo teor é a valorização do profissional da educação.

Dehon faz bonito na 2ª Olimpíada
Nacional em História do Brasil

As equipes Tropeiros Julianos, Desbravadores do Sul e Bandeirantes do Sul, formadas por alunos do ensino médio do colégio Dehon, de Tubarão, participaram da 2ª Olimpíada Nacional em História do Brasil. Sob a orientação dos professores Mário e Soraia, eles obtiveram excelentes resultados. A olimpíada traz o desafio de estudar a história do Brasil por meio de textos, imagens e mapas, ao longo de questões de múltiplas escolhas e da realização de tarefas especiais.

A equipe Tropoeiros Julianos, composta por alunos da 3ª série, chegou à 5ª fase da olimpíada.

A equipe Desbravadores do Sul, formada por alunos da 1ª série, também chegou à 5ª fase da olimpíada.

A equipe Bandeirantes do Sul, também formada por alunos da 1ª série, chegou à 2ª fase da olimpíada.