Início Esportes Morre ex-zagueiro Amaral, ídolo do Guarani, aos 69 anos em São Paulo

Morre ex-zagueiro Amaral, ídolo do Guarani, aos 69 anos em São Paulo

FOTO CBF Divulgação Notisul Divgital

O ex-zagueiro da Seleção Brasileira e ídolo do Guarani, Amaral, morreu nesta sexta-feira, dia 31 de maio, aos 69 anos, em São Paulo. Também conhecido como Feijão, o defensor morreu vítima de um câncer. O velório e sepultamento serão no Cemitério São Pedro, na Vila Alpina, a partir das 10h30 deste domingo, dia 2 de junho.

Carreira de destaque de Amaral

Revelado pelo Guarani aos 15 anos, Amaral teve uma carreira marcada por passagens em diversos clubes importantes.

  • Revelado pelo Guarani aos 15 anos.
  • Jogou no Corinthians, Santos, América (MEX), Leones Negros (MEX), Blumenau e Caldense.
  • Campeão paulista pelo Corinthians em 1979.

Contribuição para a Seleção Brasileira

Amaral disputou 40 jogos pela seleção brasileira, com destaque para a Copa do Mundo de 1978, onde salvou um gol decisivo contra a Espanha.

  • 40 jogos pela Seleção Brasileira.
  • Disputou Copa América, Eliminatórias e Copa do Mundo de 1978.
  • Salvou gol decisivo contra a Espanha no Mundial de 1978.

Legado de Amaral

Após encerrar a carreira, Amaral fixou residência em São Paulo e fundou uma escolinha de futebol na capital. Ele é lembrado com carinho pelos torcedores e pela comunidade do futebol.

  • Fixou residência em São Paulo.
  • Fundou escolinha de futebol na capital.
  • Eternizado no coração dos torcedores e amantes do futebol.
Sair da versão mobile