sexta, 22 de fevereiro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Lily Farias

Agora são as Agências do Trabalho

Publicado em 31/01/2019 00h10

O enxugamento da máquina pública continua a todo vapor na esfera Federal. Parece que vai atingir as Agências do Trabalho e Emprego em Santa Catarina. A Superintendênca Regional, em Florianópolis, teve um corte de R$ 1 milhão no orçamento este ano e estuda a possibilidade de fechar algumas agências e tranferí-las para agências mais próximas. Aqui na região não é diferente. Há um estudo em Brasília e na capítal catarinense para decidir se manterá aberta a agência de Tubarão ou Laguna. Uma das duas deixará de existir, afirmou Jacinto Fernando Stefenello, Superintendente Substituto Regional do Trabalho no Estado. “É uma adequação financeira. Vai depender só de Brasília”, disse. Os funcionários de Tubarão defendem que a agência deve ficar na cidade considerada a mais movimentada do Estado. Tubarão conta com dois efetivos e sete anistiados , a agência de Laguna  tem apenas dois funcionários e  uma demanda bem menor. Jacinto diz que isso não é levado em  consideração. “Os crirérios são os custos que cada agência onera para a União e Tubarão gera um custo muito alto. Vamos aguardar”.

Ancião da Alesc
Eleito pela sétima vez, Romildo Titon (MDB) será o parlamentar recordista de mandatos na nova legislatura da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que começa amanhã (1º). Nas eleições de outubro de 2018, ele obteve 34.350 votos. Na atual legislatura, que termina hoje, Titon presidiu a Comissão de Segurança Pública da Alesc. O parlamentar também focou seu mandato na representação da região de Campos Novos e do Meio-Oeste catarinense. Nascido em Tangará, Romildo Luiz Titon tem 64 anos, e é produtor rural. Iniciou a carreira política em 1976, quando foi eleito vereador em Campos Novos. Em 1988, venceu a disputa pela prefeitura do município. Em 1994, elegeu-se pela primeira vez para Assembleia Legislativa, onde permanece desde então. Em 2014, presidiu o Legislativo catarinense.

Fundo Partidário
O (TSE) publicou no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) desta terça-feira, portaria com a relação dos partidos políticos que  terão direito a receber o Fundo Partidário a partir do dia 1° de fevereiro deste ano. Têm direito aos valores as legendas que, na legislatura seguinte ao pleito de 2018, obtiveram no mínimo 1,5% dos votos válidos nas eleições para a Câmara dos Deputados, distribuídos em pelo menos um terço das unidades da Federação, com um mínimo de 1% dos votos válidos em cada uma delas. Ou as que elegeram pelo menos nove deputados federais distribuídos em pelo menos um terço das 27 unidades da Federação. Do total de 35 partidos registrados no TSE, 21 terão acesso aos recursos do Fundo, cujo valor global para 2019 foi estabelecido em R$ 927.750.560,00 pela Lei Orçamentária Anual (LOA). Ficaram de fora da divisão dos recursos as legendas que não cumpriram, nas Eleições 2018, os requisitos fixados na cláusula de desempenho. No #PortalNotisul vocês encontram a lista dos partidos e os percentuais

Novo Regimento Interno

Os deputados que tomarão posse na Alesc amanhã, passarão a exercer seus mandatos na  com base em um novo Regimento Interno, aprovado no fim do ano passado pelos parlamentares da legislatura que encerra hoje.  O texto do novo regimento é composto por 376 artigos. Uma das novidades é a inclusão de duas novas comissões permanentes na Casa: a Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso e a Comissão de Assuntos Municipais. Serão formadas por sete membros definidos de acordo com a representação numérica dos partidos e blocos parlamentares no dia 1º de fevereiro. Com a criação destas comissões a Assembleia passa a ter 21 comissões permanentes, contando com a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar.  Outra novidade dos colegiados foi o aumento no número de membros da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, que passou de sete para nove.   Os detalhes vocês podem ler no #PortalNotisul

Sem a cobrança de ICMS
Lembram do grupo, que protocolou no Ministério Público de Tubarão pedido de informação sobre o aumento abusivo na fatura de energia da Celesc? Ontem, eles voltaram ao Fórum para protocolar um pedido no MP para montar uma ação coletiva com o intuito de excluir a cobrança do ICMS na conta de energia, que asseguram que é indevida. Em vídeo nas redes sociais Alexandre Paiva, Cledson Rodrigues  e Suelen  Franciso explicam os detalhes. Cledson pontua que o imposto não deveria ser cobrado, porque de acordo com a legislação, transmissão e fornecimento de energia são isentos de ICMS.  Assista ao vídeo completo no #PortalNotisul

De volta ao MDB
O ex gerente da Celesc, Giovani Brasil assinou ontem a ficha de filiação no MDB após quatro anos de afastamento.  Brasil é sobrinho do ex vereador Ivo Stapazzol. Com uma longa trajetória política dentro do partido e com 25 anos de serviços prestados a Celesc, Giovani é na certo, um nome a disputar uma cadeira no legislativo tubaronense. O retorno de Brasil ao MDB foi uma construção realizada pelo Deputado Estadual Volnei Weber.

Novo secretário
O vereador de São Ludgero Léo Fuchter assume hoje como Secretário de Administração, Finanças e Planejamento. O convite partiu do prefeito  Ibaneis Lembeck, o Iba. Léo assume a pasta no lugar Rodrigo Pavei. A cerimônia de posse é no Gabinete do Prefeito às 10h.

Febre Amarela
A partir de amanhã os postos de saúde com sala  de vacina em Tubarão vão passar a disponibilizar doses contra a febre amarela. No sábado (9), todas as unidades de saúde estarão abertas das 8 às 17h, sem fechar ao meio dia, na campanha “Dia D – Unidos Contra a Febre Amarela”. Atendendo a recomendação do Ministério da Saúde a cobertura  da vacina será ampliada, tornando-a disponível como parte da rotina, declara a assesoria de imprensa da prefeitura.


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital