sexta, 22 de fevereiro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Lily Farias

Iniciativa social

Publicado em 18/01/2019 00h10

A partir de março Tubarão vai receber um novo aplicativo de transporte, com ideal diferenciado de colaboração: denominado ‘Colabora Mobi’. Além de apresentar as soluções para a mobilidade urbana, tem um caráter colaborativo e de responsabilidade social com a destinação de um percentual da renda de todas as corridas para instituições locais. E quem escolherá a Instituição de Bem Social para a destinação dos 2% do valor pago é o próprio passageiro. Trata-se de um projeto nacional, nascido em São Paulo, e que está em fase de teste em municípios do interior paulista, já com mais de 100 motoristas. A primeira cidade do Brasil a ter o aplicativo foi Ponta Grossa e a partir de março será implantado em municípios com até 500 mil habitantes. O aplicativo terá o diferencial de ter gestores regionais, que possibilitarão a adaptação, com soluções locais de mobilidade.

Só em março
Por conta das obras da Tubarão Saneamento, a implantação do estacionamento rotativo teve que ser adiada para março. De acordo com o presidente do Conselho Fiscal da Apae de Tubarão, Riberto Lima, é preciso fazer as marcações das vagas e com as obras em andamento não tem como. A Apae será responsável pela administração. O serviço contará cm o gerenciamento da empresa IT2B Tecnologia e Serviços, de Barueri (SP), que oferecerá cartões online para quem quiser comprar pela internet. Haverá um monitor a cada 80 vagas e caso tenha registro de infração de trânsito a Guarda Municipal será acionada. 

MIL PALAVRAS
A semana foi marcada por temperaturas na casa dos 40 ºC e também por muita chuva e temporal causando prejuízos em todo Estado. Sem dúvida a região mais atingida foi entre Grão-Pará e Urubici com a interdição da SC-370 e a Serrra do Corvo Branco. É muito comum essa chuva toda em janeiro e fevereiro. As autoridades já trabalham em peso nestes locais e pedem que os moradores respeitem o limites das interdições e não tomem decisões por conta própria como arrumar as estradas, por exemplo. A prioridade neste momento é garantir a segurança de todos. No #PortalNotisul vocês encontram  quais são as rotas alternativas para chegar até lá.

Agora é o porte de armas

Após a publicação do decreto que flexibiliza a posse de armas de fogo, o governo deve se debruçar nas próximas semanas sobre os caminhos para facilitar ao cidadão a obtenção do porte, ou seja, o direito de andar com armamento em todo o território nacional. Para concretizar esse objetivo será necessário convencer o Congresso. As mudanças oficializadas até agora no Estatuto do Desarmamento dividem a sociedade e especialistas.

Ampliação de mercado

O decreto publicado em relação à posse de armas é considerado tímido pelos apoiadores da livre circulação de armas. O presidente Jair Bolsonaro, no entanto, está convocando membros do seu governo para debater alterações mais profundas na legislação. Assim que voltar do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, ele deve reunir a equipe ministerial para debater o assunto. Além da flexibilização do porte, a intenção é abrir o mercado nacional para diversas empresas e ampliar o acesso às armas aos caçadores e colecionadores.

Déficit
O governo federal deve terminar 2019 com um rombo de R$ 102,385 bilhões nas contas públicas, segundo projeções do mercado, disponíveis no relatório Prisma Fiscal — divulgado mensalmente pelo Ministério da Economia. Houve uma piora na percepção dos economistas entre dezembro e janeiro, após o déficit aumentar mais de R$ 2,3 bilhões. Segundo as projeções, enquanto a receita líquida ficará em R$ 1,324 trilhão, as despesas totais somarão R$ 1,426 trilhão em 2019. Mesmo com a piora da percepção, a dívida bruta teve uma leve melhora, com estimativa de terminar o ano em 78,2%, frente os 78,4% estimados até dezembro.Para 2020, a projeção do mercado é de um rombo de R$ 68,7 bilhões.


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital