domingo, 16 de dezembro de 2018
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Lily Farias

Comandante Moisés anuncia 4 de seus 10 secretários

Dois nomes darão continuidade ao atual governo.

Publicado em 03/12/2018 16h13

Comandante Moisés anuncia 4 de seus 10 secretários

Lily Farias

Florianópolis


Durante uma coletiva de imprensa transmitida pelas redes sociais nesta segunda-feira o Governador eleito de Santa Catarina, Comandante Moisés, anunciou parte de seu secretariado. 


Até aqui ele cumpriu parte do que prometeu durante a campanha: nomeou profissionais de carreira, porém, reconduziu secretários da atual administração, que ainda é do MDB, contrário ao discurso de renovação.


Na reunião de hoje ele divulgou os primeiros 4 secretários: Jorge Eduardo Tasca assumirá a Administração; e Helton de Souza Zeferino a secretaria de Saúde. O nomes de Paulo Eli na Fazenda e Leandro Lima na Administração Prisional não agradou muita gente, que viu a nomeação como uma continuação do governo Eduardo Moreira. 


Moisés afirmou que seu governo contará com 10 secretarias principais: Fazenda, Administração Prisional, Desenvolvimento Sustentável, Administração, Educação, Segurança Pública, Agricultura e Pesca, Saúde, Desenvolvimento Social e Infraestrutura e Mobilidade.


O coordenador de transição, Luiz Felipe Ferreira, explicou que as secretarias seguirão um padrão de funcionários: Secretário e seus assistentes; sub-secretário e seus assistentes. Tudo isso para ter um controle financeiro. Em cada secretaria está sendo levantado o perfil dos funcionários, quais cargos ocupam, e qual o impacto  financeiro e o impacto de custeio causarão nestas demissões".


Luiz Felipe afirmou que fará o enxugamento da máquina pública com a redução de cargos comissionados. "Necessitamos de contratação na atividade meio em diversas esferas como administração, saúde, Casa Civil e precisamos recompor alguns quadros efetivos na fazenda, infraestrutura, bombeiros, polícia militar e assim por diante". 


Professor Luiz reforçou que irá extinguir as ADR´s a partir de 1º de Janeiro. "O processo pode levar de 4 a 6 meses para se concluído, por isso estamos estudando e avaliando como faremos", conclui.


A nova estrutura proposta pela equipe de transição será encaminhada à Assembleia Legislativa em 2019. 


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital