quarta, 24 de abril de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Inteligência Financeira - Camila Scussel

Quando e como começar a investir

Publicado em 30/03/2019 00h11

Esse é um assunto bastante solicitado, talvez o mais solicitado: Investimentos. Bastante compreensível, afinal todos nós queremos ver nosso suado dinheiro rendendo, as perguntas que nunca querem calar são onde e quando.

Bem, iniciamos esclarecendo que investir não é necessariamente conseguir uma taxa elevada, aceitar riscos altos e prender o dinheiro. Tendo isso em mente, pode-se concluir devemos começar a investir ontem. Porém, os primeiros investimentos devem ser sempre em aplicações mais seguras e conservadoras. Partir para a renda variável (ações, por exemplo) apenas se depois de conhecer o mercado, entender seus riscos e volatilidades, considerar uma boa oportunidade. Sempre aos poucos, de forma a não ser emocionalmente afetado por conta de um resultado ruim. 

A maior parte das pessoas atrasam a entrada no mundo dos investimentos. Dizem que primeiro devem pagar as dívidas, organizar as despesas e o orçamento, tirar férias etc. É logico que, quando se ter uma dívida, ela deve ser nossa prioridade financeira. Ter organização financeira também é essencial. Comentei, por diversas vezes, que formação de patrimônio se faz com aportes constantes, não correndo atrás de uma taxa altíssima. Entretanto, é necessário que dizer que adiar o “começar a investir” pode virar permanente “deixa para o mês que vem”. 

Ponto mais importante que gostaria de deixar aqui é que considero que o investimento não começa com a aplicação do dinheiro, e sim com o preparo para isso. Onde investir? Quantos investir? Quais são meus objetivos com esse investimento? Qual a diferença entre o produto x e y? A que riscos estou exposto? Essas perguntas que você deve responder antes de aplicar seu dinheiro são fundamentais para seu crescimento financeiro.

A escolha de onde cabe a cada um de nós, baseados nos nossos objetivos e perfis. Sim, dedicação ao aprendizado é fundamental. Não exige muito tempo. Pode ser feito aos poucos. Apenas digo: pesquisem, leiam, informem-se, e aprendam com o tempo. Não tomem decisões emocionados, pois o que não falta são espertalhões para tirar proveito de suas emoções. Propostas absurdas de ganhe x reais por dia, dobre seu patrimônio em quatro anos, alcance 5% de rentabilidade em um mês devem ser automaticamente desconsideradas. Quer acelerar acumulo de patrimônio? Trabalhe mais. Investir é aos poucos, respeitando seu nível de conhecimento e sua paz.

Como bônus dessa coluna, encaminho aos leitores que se interessarem um material que editei com alguns conceitos iniciais de investimentos e siglas usadas, CDI, CDB, LCI, FGC, etc. É apenas um primeiro passo, mas que pode ajudar e muito para quem quer começar a aprender sobre investimento. Há muita gente que diz que quer investir num CDI, que nem é um investimento, e que imagina que há investimentos mais rentáveis e seguros que caderneta de poupança. Basta pedir-me pela lista Vip enviando recado para 99974-0804. Abraços a todos e boas escolhas.

Para me seguir nas redes sociais:


YouTube: juro que dá certo.      
Facebook.com/juroquedacerto.    
Instagram: planejamento_financeiro_camila.


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital