Início Pelo Estado Governo e empresários discutem projetos de ampliação da malha ferroviária catarinense

Governo e empresários discutem projetos de ampliação da malha ferroviária catarinense

A primeira reunião do Grupo de Trabalho criado pela Secretaria de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF), para debater os projetos ferroviários do estado, foi marcada pela participação maciça dos membros designados na Portaria 13/2023, incluindo os representantes das empresas concessionárias que atuam no estado, diretores dos portos, Secretários de Estado e representantes das entidades empresariais.

Neste primeiro encontro realizado nesta segunda-feira, dia 16, os membros do GT dialogaram sobre o andamento dos dois projetos de novas ferrovias que estão sendo desenvolvidos pelo governo catarinense, sobre o quadro das atuais concessionárias de ferrovias que tem atuação em Santa Catarina, e sobre a necessidade de contratação de um Plano Estadual de Logística de Transportes (PELT) para nortear o desenvolvimento da área.

O grupo aprovou por unanimidade que esta proposta seja levada ao governador Jorginho Mello. “Saímos deste primeiro encontro com as demandas bem definidas, como a sugestão que será encaminhada ao governador Jorginho Mello sobre a necessidade de contratação do PELT. Ou seja, precisamos integrar todos os nossos modais para melhor definir a prioridade e a linha de investimentos na logística do Estado”, argumenta o secretário da SPAF, Beto Martins.

O tema deverá ser ampliado nos próximos encontros. Um escopo sobre a proposta de um novo PELT será aprimorado para ser levado à Infra SA, empresa pública ligada ao Ministério da Infraestrutura, e especializada em projetos desta área.

“Nós vamos buscar a participação do Minfra na próxima reunião. É um trabalho integrado que estamos realizando para que possamos encontrar as melhores soluções para o desenvolvimento do estado”, acrescentou a secretária de Articulação Nacional (SAN), Vânia Franco, que também integra o GT.

Participaram da reunião que abriu os trabalhos do GT representantes da SPAF, SAN, Codesul, Fazenda, Infraestrutura (SIE), FACISC, FIESC, Rumo, FTC, Porto de São Francisco do Sul, Porto de Imbituba, Portonave e Porto Itapoá.

Sair da versão mobile