Nina, a onça-pintada mais velha do Brasil, faleceu neste domingo, 12. A Panthera onca chegou em Brusque em 1997, com aproximadamente três meses de idade. Ela estava no Zoobotânico de Brusque e viveu praticamente toda a sua vida no município..

Últimos sinais

Nina vinha apresentando sintomas de velhice desde 2018, mas foi neste ano que ela piorou devido a um tumor no abdome, porém, passou por uma cirurgia e voltou bem para o parque. Mesmo com todos os cuidados necessários, o Zoobotânico informou que ela veio a óbito por causas naturais, devido a sua idade.

O diretor-geral do Zoobotânico, Carlos Alexandre Reis comenta sobre o acontecido: “As onças em cativeiro, vivem cerca de 20 anos, mas com todo o amor, carinho e cuidado que o parque sempre tem com seus animais, essa barreira foi ultrapassada e ela pode viver até seus 25 anos. Com certeza ela era um dos animais favoritos do parque e, por isso, deixará uma marca e uma saudade muito grande no coração de todos”.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: O Município