Um dos empresários mais conhecidos do futebol brasileiro, Wagner Ribeiro teve sua prisão temporária decretada nesta terça-feira (12), pela falta de pagamento de pensão alimentícia.

O empresário é acusado de não pagar a pensão alimentícia dos filhos há 2 anos, de novembro de 2020 a junho de 2022, o que daria um valor de R$ 659.870,57 (seiscentos e cinquenta e nove mil, oitocentos e setenta reais e cinquenta e sete centavos).

A prisão foi decretada pela 2ª Vara Cível de São João da Boa Vista, onde reside a esposa de Wagner Ribeiro e aonde o empresário também possui residência.

Wagner Ribeiro é conhecido no mundo do futebol por ter representado jogadores como Neymar, Robinho, Kaká, Lucas Moura e estar envolvido em grandes negociações de clubes brasileiros com times da Europa.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Band Uol