Carolina do Norte, Estados Unidos

Annie, que passou toda a sua vida na Carolina do Norte, EUA, disse que não existe outra fórmula secreta pra se viver mais tempo.

 
Ela apenas mantém os hábitos que já pratica há muito tempo.

Annie contou que teve uma educação simples com os irmãos e irmãs mais velhas num  subúrbio de Charlotte, onde ela cozinhava com a mãe e trabalhava na fazenda da família.

“Sempre nos divertíamos e nunca ficamos entediados.”

Celebridade

A festa de aniversário de 109 anos foi na casa de repouso, o Brookdale Carriage Club, em Charlotte, Carolina do Norte, com amigos mais jovens.

Sua longevidade fez dela, uma celebridade e todos vêem na centenária uma pessoa otimista.

Ela não entende como os especialistas não conseguem explicar por que em algumas pessoas o corpo se degrada e em outras não.

Sabemos que as mulheres têm mais chances de atingir 110, e quase 70% das pessoas que atingiram esse marco eram brancas.

O fato é que as pessoas vem envelhecendo mais devagar.

150 anos

Um  geneticista australiano e professor da Harvard Medical School, David Sinclair começou a tomar seu próprio coquetel da enzima e dá-lo à própria família.

Ele acredita que possa viver pelo menos até os 150 anos de idade, graças a esta fórmula.

O professor descobriu em sua pesquisa que uma coenzima chamada NAD +, existente em jovens, ajuda a preservar as células.

Em um estudo em ratos, Sinclair mostrou que ele poderia reverter alguns marcadores de envelhecimento, aumentando seus níveis de NAD +.

Ele ainda tem que provar seus efeitos em seres humanos, mas está determinado a passar a vida tentando.

Enquanto isso Anne segue bem e com saúde, sem explicações científicas, apenas cercada do bom vinho e de amigos.