A participação colaborativa de Rogério Cizeski na Criciúma Construções está suspensa temporariamente. A decisão partiu do juiz da 1ª Vara da Fazenda de Criciúma, Rafael Milanesi, após Agenor Daufenbach, administrador Judicial da Criciúma Construções, requerer a suspensão imediata em caráter de urgência até que se defina o modo como a participação de Cizeski será procedida.

“Foi um pedido para que fosse ajustado o tipo de participação que ele tinha. Só que como é um caso atípico, fora dos critérios normais, eu fiz um pedido para esclarecer qual seriam os critérios. Não foi uma decisão final, foi apenas uma suspensão para definirmos esses critérios. Os critérios de participação não ficaram claros, por isso meu pedido”, contou Daufenbach.

Na quarta-feira (28) haverá uma audiência para discutir o plano de execução que deve ser apresentado ao gestor judicial e que poderá reverter a suspensão da volta de Cizeski.