Mais de 6 mil estudantes de escolas particulares de Tubarão e Capivari de Baixo voltam às aulas a partir desta segunda-feira, 2 de agosto, tanto no presencial quanto no ensino remoto. Para garantir que todos os protocolos de readequação sanitária e de segurança sejam cumpridos, especialmente no que se refere à modalidade presencial, o Sinpaaet (Sindicato dos Professores e Auxiliares de Administração Escolar de Tubarão e Capivari de Baixo) realiza uma Blitz em mais de 20 estabelecimentos de ensino filiados (escolas, creches, academias e instituições de ensino superior), em ambos os municípios.

Segundo a presidente do Sindicato, Patrícia Schlickmann Orlandi, em tempos de pandemia, a ‘Blitz Sinpaaet’ tem a finalidade de verificar, in loco, se os regramentos sanitários estão de fato sendo cumpridos, minimizando riscos à saúde dos professores, administrativos, estudantes e demais trabalhadores da educação: “importante destacar que somos totalmente favoráveis ao retorno às aulas, entretanto, que essa retomada seja segura e que a saúde do professor e do trabalhador da educação esteja em primeiro lugar. Professor e trabalhador da educação saúdavel e seguro é garantia de aprendizagem de excelência aos nossos estudantes”, comenta a Presidente do Sinpaaet.

Entre os requisitos, a ‘Blitz Sinpaaet’ vai avaliar as condições de distanciamento, o acompanhamento das comorbidades entre professores, a testagem em caso de suspeita, entre outros investimentos fundamentais para um semestre ainda melhor que o anterior.

O Sinpaaet conta com quase 900 professores e trabalhadores de educação filiados em Tubarão e Capivari de Baixo. Todas as escolas filiadas serão visitadas pelos diretores do Sindicato durante as blitze que ocorrerão ao longo do semestre letivo (ou seja, não só no início das aulas): “este é um movimento sem volta. Temos a certeza de que essas visitas, com diálogo, ou seja, parceria com os dirigentes das próprias escolas, teremos um excelente termômetro para que as ações, em prol dos trabalhadores da educação, sejam cada vez mais seguras e efetivas”, conclui a Profa. Patrícia.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul