Rose Miriam di Matteo, viúva de Gugu Liberato, morto em novembro de 2019, deve receber uma pensão de 100 000 reais por mês do espólio do apresentador, por decisão da Justiça de São Paulo. Em dezembro ela pediu reconhecimento de união estável com Gugu: eles não eram casados, e a médica ficou de fora do testamento assinado em 2011.

“O juiz ainda ressalta que o valor é equivalente ao que Gugu destinou para sustento da mãe dele, Maria do Céu”, diz nota divulgada pelo escritório de advocacia Nelson Wilians, que representa Rose. O caso tramitou na 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da capital do TJ-SP.

“A decisão foi sensível ao momento que passa Rose Miriam. Após a morte de Gugu, que era o mantenedor dela e dos filhos, ela ficou sem recursos até para manter as despesas de casa”, diz o advogado Nelson Wilians no texto.