Tatiana Dornelles
Tubarão

Em uma época em que o egoísmo é característica de muita gente e a preocupação é maior com o ‘ter’ do que com o ‘ser’, felizmente ainda há quem se preocupe com o bem-estar alheio. Um exemplo de boa vontade e amor ao próximo veio da diretora administrativa do Lar da Menina, Fabiana Oliveira.

Sensibilizada com a matéria publicada pelo Notisul na edição de ontem, referente às famílias da Área Verde que necessitam de ajuda após o temporal de domingo, ela foi até o local com a equipe de reportagem do jornal para conversar com as vítimas.

“Nossa entidade tem muitos amigos, que são pessoas físicas que sempre colaboram conosco. Faremos o possível para ajudar estas famílias. Se não fosse a matéria, não estaríamos aqui”, afirma Fabiana.
Na residência de Tânia Maria Silveira Nunes e José Nunes, uma parede caiu e houve destelhamento na parte da casa que ficou de pé.

Fabiana pediu ao casal para ir até a entidade, hoje, para doar as telhas, os tijolos e as madeiras. “Temos esses materiais, que sobraram da reforma que fizemos. No tornado do ano passado, que derrubou o muro da escola e destelhou boa parte do prédio, tivemos que adquirir e nem tudo foi usado”, conta.

Segundo o casal, a defesa civil esteve no local segunda-feira e, como a estrutura ficou abalada, pediu que os dois saíssem de casa. “Mas não temos para onde ir. Estamos aqui mesmo”, conta Tânia.