A família de Hyiam Mohammad Mustafa Almashni, de 61 anos, comemorou hoje (25) uma grande vitória. Ela recebeu alta após 30 dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão.

Hyiam foi calorosamente recepcionada por cinco de seus filhos: Nidal, Ahmad, Maha, Nissrin e Mahmmud e pela equipe assistencial do setor com balões e muitos aplausos.

Todos ainda estão muito abalados pela morte do pai Muhammad Mustafa Mashni, o seu Armando Mashni, de 84 anos, também vítima da Covid-19 no último dia 23.

A alta da mãe é um conforto enorme para a família. “Deus é tão generoso e atende a súplica do seu servo quando se dirige a ele. Deus sabe a hora certa de conceder a graça, é tão perfeito que nos presenteou com esse momento que precisávamos”, declarou emocionada a filha Nissrin.

“Muitas vezes nos tira algo para nos aproximarmos mais dele, nos testar, para mostrar o tamanho do seu poder para que saibamos agradecer e reconhecer a necessidade da sua busca”, acrescentou.

O filho Nidal também expressou o seu sentimento. “Não é a primeira vez que vocês fazem um gesto tão especial. Fiquei aqui por um bom tempo, fui muito bem cuidado, assim como a nossa mãe. Nosso muito obrigado. Que Deus continue sempre abençoando vocês”.

Hyiam Mohammad ainda ficará alguns dias em observação na enfermaria no HNSC para depois concluir seu tratamento em casa junto aos familiares.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul