Essa não é uma daquelas histórias de adoção que todo tá acostumado a ver: A família entra na fila de espera por um criança, passa por todos os trâmites burocráticos, vem a adoção, o período de adaptação, e por fim, a vida segue…

A história da Glaucia e Cotinha vai fazer você ganhar o dia! Glaucia tem 27 anos de idade e adotou a Cotinha, uma idosa de 70 anos de idade. 

As duas se conheceram no hospital em que Cotinha morava desde os 10 anos de idade, e Glaucia trabalhava como copeira. O convívio entre as duas foi tão próximo que elas acabaram criando um laço de amor.

Mas depois um tempo o hospital fechou as portas e Cotinha teve que ser levada para um abrigo. Gláucia ia visitá-la e percebeu que a idosa  não queria ficar lá. Então tomou a decisão de adotá-la.

Uma decisão difícil para Glaucia que já tinha uma filha pequena e as duas moravam juntas, com uma certa dificuldade. Mas sentiu seu coração falar mais alto: “Eu não vou abandonar ela! Eu falei assim: ‘Se é pra passar fome, a gente vai passar juntas!'”

Hoje Cotinha tem Glaucia como mãe e em 2017, ela finalmente conseguiu registrar Cotinha e concluir o processo de adoção.

Quando criança, Cotinha e o irmão mais novo sofreram um acidente, foram atropelados por um caminhão. Eles foram levados para o hospital, ela muito machucada, e ele morreu horas depois. 

O hospital chegou a fazer um comunicado avisando que tinha encontrado duas crianças, mas ninguém apareceu. 

 

A história foi contada pelo canal Inspire Fundo e vem ganhando as redes sociais com a história emocionante da Cotinha. Tá pensando que já sabe tudo? Clique no vídeo que tem mais!