O empresário Luciano Hang, proprietário das Lojas Havan, oferece a recompensa de R$ 100 mil para quem tiver informações e pistas que levem ao autor do ataque, considerado por ele terrorista, à estátua da Liberdade, da Havan São Carlos, no final do ano passado.

“Estamos em busca do responsável que causou o ataque terrorista, queimando nossa estátua da liberdade em São Carlos (SP). Você tem provas? Sabe quem foi? Entre em contato pelo telefone 0800 765 5571, forneça as informações e se a polícia constatar que é verídico, vamos pagar o valor de R$ 100 mil”, contou Hang.

Em um vídeo “a la faroeste”, o empresário disse que antigamente os xerifes ofereciam dinheiro para “pegar” os bandidos. “Sabemos que existe um ou mais culpados pelo crime, o laudo da polícia constatou que foi um incêndio criminoso. De antemão, quero agradecer a todos os órgãos policiais que estão empenhados em resolver esse crime. Não vamos nos calar diante deste ataque. Conto com vocês para solucionarmos esse caso”, afirmou.

Incêndio

A estátua da Liberdade, monumento símbolo da loja, ficou destruída na manhã do dia 31 de dezembro, em São Carlos. As chamas demoraram 20 minutos para serem controladas por duas equipes do Corpo de Bombeiros. O trânsito na rodovia Washington Luís (SP-310), onde a loja está localizada, não ficou prejudicado. Uma semana depois, a Polícia Civil concluiu que o ataque à estátua foi criminoso e, até o momento, ninguém foi preso.