Uma veterinária fez asas novas e ajudou um papagaio de 12 semanas, mutilado, a voar novamente. Wei Wei tinha sido vítima de “apara”, um corte severo nas asas – prática polêmica adotada por alguns proprietários de pássaros exóticos para manter os animais em casa e impedir que voem e fujam.

Ele tentava voar, mas caía no chão… até que a Dra. Catherine Apuli, veterinária da “The Unusual Pet Vets”, em Brisbane, na Austrália, decidiu produzir asas novas pra ele.

A ideia criativa da veterinária envolveu cola, palitos e penas doadas. Com isso ela criou as asas protéticas que deram vida nova a Wei Wei. O que a Dra Catherine Apuli fez é conhecido como ‘colisão’ e envolveu a reparação de penas danificadas, anexando partes novas.

O papagaio mutilado é da espécie Green Cheeke Conure. Ele foi sedado, dormiu durante o procedimento e poucas horas depois, a ave já estava fazendo manobras aéreas.

Sim, ele conseguiu voar novamente!

A Dra. Catherine Apuli foi a heroína da ave, que agora não desgruda dela, mas por vontade própria.