Bertoldo Weber
Braço do Norte

Com 1.104 votos de confiança recebidos nas eleições, no último domingo, o comerciante Antônio Bittencourt de Souza (DEM), o Toninho da Cabana, 56 anos, elegeu-se como vereador mais votado de Braço do Norte.
Toninho da Cabana, morador do bairro Rio Bonito, é casado, pai de três filhos e tem três netos. Ele está feliz pela expressiva votação e diz que, na câmara de vereadores, atuará de forma livre em prol do desenvolvimento da cidade.

O vereador eleito pretende, ainda, realizar um trabalho direto com as entidades e as pessoas nos próximos quatro anos. “Farei um trabalho de visitações a famílias e entidades para ouvir suas reivindicações e lutar para que as realizações almejadas se concretizem junto ao executivo. Tenho também o meu plano de trabalho para ser cumprido”, destaca.

É a terceira vez que Toninho da Cabana disputa um pleito para o legislativo municipal. Em 2000, recebeu 348 votos. Em 2004, aumentou a votação para 577 e, este ano, surpreendeu ao receber 1.104 votos nas urnas. Segundo ele, esperava ser eleito, mas não este resultado. “Isso aumenta minha responsabilidade como representante do povo na câmara. Agradeço a cada voto de confiança, à minha família, amigos, ex-patrões e aqueles que me viram como um bom nome para lutar em prol das pessoas e do município”, completa.

“Não adianta tentar me comprar”
Antônio Bittencourt de Souza (DEM), o Toninho da Cabana, 56 anos, recebeu votos em praticamente todas as urnas e obteve o maior número de votos no seu bairro, Rio Bonito: 310.

Durante a campanha, a maioria dos pedidos eram por pavimentações, postos de saúde, saneamento, incentivo à cultura, ao esporte, entre outros. “O município e as pessoas têm muitas necessidades, mas precisa gerar emprego em Braço do Norte e apoiar diretamente o surgimento de novos negócios. Se existe emprego, existe renda, a indústria e seus setores se desenvolvem e o comércio fica mais forte”.

O vereador eleito pretende manter um ótimo relacionamento com os demais vereadores e, como liderança do Democratas, acredita que Charles Bianchini (DEM) contribuirá muito junto ao prefeito Ademir Matos (PMDB).
“Charles é um empresário bem sucedido, sério e tem visão. Contribuirá diretamente para o desenvolvimento da cidade. O acordo firmado com nosso partido é que ele tenha uma cadeira e participe das decisões”, declara.

Sobre apoios e ‘puxadas de tapetes’, ele diz que “plantou um pé de figueira. Tentaram derrubar, calcei bem para não ser atingido por um vendaval forte, fiquei firme, acreditei no sonho e hoje a planta está bonita e saudável”. Segundo Toninho, a campanha foi alegre, sincera e honesta.
“Lideranças de partidos opostos à nossa coligação tentaram me subornar e me comprar. Disse não para o bem da população braçonortense. E olha que a proposta era alta. Não adianta tentar me comprar que não estou à venda e não enganarei o povo ”, revela.