Uma veranista encontrou um escorpião na sua residência na Praia do Sol, em Laguna e ficou em dúvida sobre o habitat natural deste animal. É comum ter escorpiões na nossa região? De acordo com  o capitão da Polícia Militar Ambiental de Laguna, comandante Fernando Magoga Conde, é bem comum sim. “Mas nada que possa ser assustador”, afirma.

O escorpião foi encontrado pela amiga de Ana Paula de Pieri Benedet, de Tubarão, é um escorpião preto, do gênero Bothriurus e não representa riscos à saúde. 

De acordo com o soldado dos Bombeiros de Tubarão, Alesanco Neves de Farias, o escorpião preto é bem comum entre as praias de Jaguaruna e Imbituba.

Após a amiga encontrar o animal, Ana Paula ficou assustada e foi verificar se havia outros escorpiões a redor da casa. “Quando minha amiga encontrou o escorpião chamei meu marido e ele matou o animal e o colocamos em um um pote. Em seguida fui para a rua procurar por outros”, conta. 

Ana Paula fez uma foto do escorpião e mandou para o Notisul. Enviamos para Rodrigo Ávila Mendonça, professor no curso de ciências biológicas e medicina veterinária da Unisul para uma análise. 

Pela foto ele conseguiu identificar o gênero: Bothriurus sp. Porém, para saber a espécie é preciso ter o animal em mãos. Rodrigo explicou que o habitat natural dos escorpiões é em qualquer lugar escuro em que ele possa se sentir seguro. E dá como exemplo entulho, mato alto, madeiras.

“É preciso tomar cuidado com calçados e roupas deixados na rua. Olhar bem antes de usar porque pode ter uma escorpião escondido. Estar atendo faz toda diferença.”, finaliza.