Prorrogada até o próximo dia 30, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe ainda não alcançou, em Tubarão, os índices esperados para os grupos de gestantes, crianças de seis meses a menores de seis anos e adultos com idade entre 55 e 59 anos. A defasagem pode ter como causa as restrições e recomendações por conta da quarentena da pandemia da Covid-19 e o receio de muitas pessoas de voltar a circular pela cidade.

A última atualização dos dados vacinais em Tubarão apresenta os seguintes números:

Crianças: 60,92% (3.899 vacinas aplicadas)

Gestantes: 58,71% (590 vacinas aplicadas)

Puérperas: 90,91% (150 aplicadas)

Adultos 55 a 59: 52,20% (2.805 aplicadas)

Idosos: 115,61% (13.959 aplicadas)

Trabalhadores saúde: 117,84% (3.250 aplicadas)

Doentes crônicos e condições clínicas especiais: 8.668

Professores: 1.103

Em relação aos últimos dados, a vacinação entre crianças e gestantes teve uma melhor evolução. Crianças passaram de 51,25% para 60,92%, enquanto a imunização das gestantes passou de 50,75% para 58,71%. Entre os adultos o ritmo foi mais lento: de 47,75% para 52,20%.

Para a gerente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Chaiana Marcon, o período da pandemia inibiu muita gente na questão da vacinação contra o Influenza. “A baixa procura pela vacina pode ser decorrente do cenário vacinal neste ano, pois no início tivemos falta das doses. E agora, pelo fato de muita gente não querer se expôr diante da pandemia do novo coronavírus. Ressaltamos que as pessoas que são do grupo de risco procurem os postos de vacinação mais próximos de sua casa e façam a vacina contra o Influenza”, reforça Chaiana.

Prorrogada até o próximo dia 30, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe ainda não alcançou, em Tubarão, os índices esperados para os grupos de gestantes, crianças de seis meses a menores de seis anos e adultos com idade entre 55 e 59 anos. A defasagem pode ter como causa as restrições e recomendações por conta da quarentena da pandemia da Covid-19 e o receio de muitas pessoas de voltar a circular pela cidade.

A última atualização dos dados vacinais em Tubarão apresenta os seguintes números:

Crianças: 60,92% (3.899 vacinas aplicadas)Gestantes: 58,71% (590 vacinas aplicadas)Puérperas: 90,91% (150 aplicadas)Adultos 55 a 59: 52,20% (2.805 aplicadas)Idosos: 115,61% (13.959 aplicadas)Trabalhadores saúde: 117,84% (3.250 aplicadas)Doentes crônicos e condições clínicas especiais: 8.668 Professores: 1.103

Em relação aos últimos dados, a vacinação entre crianças e gestantes teve uma melhor evolução. Crianças passaram de 51,25% para 60,92%, enquanto a imunização das gestantes passou de 50,75% para 58,71%. Entre os adultos o ritmo foi mais lento: de 47,75% para 52,20%.

Para a gerente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Chaiana Marcon, o período da pandemia inibiu muita gente na questão da vacinação contra o Influenza. “A baixa procura pela vacina pode ser decorrente do cenário vacinal neste ano, pois no início tivemos falta das doses. E agora, pelo fato de muita gente não querer se expôr diante da pandemia do novo coronavírus. Ressaltamos que as pessoas que são do grupo de risco procurem os postos de vacinação mais próximos de sua casa e façam a vacina contra o Influenza”, reforça Chaiana.