Tubrão

A ação de horário estendido para a imunização da vacina contra a febre amarela nas Unidades Básica de Saúde (UBSs) de Tubarão nesta semana deu um ótimo resultado. Foram aplicadas mais de três mil doses nos 32 postos de saúde.

Como resta uma meta até o fim do ano, a Fundação Municipal de Saúde (FMS), em busca de aumentar a cobertura vacinal e a proteção da população, está adotando outras estratégias para alcançar quem ainda não tomou a dose. Além das ações realizadas e da vacinação móvel que ocorrerá na próxima semana, durante o mês que vem, deve ocorrer vacinação em algumas empresas e nas 14 escolas, já cadastradas no Programa Saúde na Escola (PSE) – estas também receberão doses de HPV e meningite meningocócica.

Lembrando que para tomar a vacina de HPV tem que ter de 11 à 14 anos para os meninos, e 9 à 14 para as meninas. Já para a da meningite, ambos os gêneros, a idade é de 11 à 14 anos. Atenção, caso precise tomar as três vacinas, elas podem sim ser tomadas juntas.

Para receber qualquer dose, precisa ter em mãos obrigatoriamente um documento com foto e a carteira de vacinação para os adolescentes – e para os adultos que tiverem. Se houver, também é aconselhável levar o cartão do SUS.
 

Balanço febre amarela na cidade
 

Em janeiro de 2018, a vacina foi inclusa no calendário de vacinação para crianças de 9 meses e adultos que fossem viajar para locais de risco. Depois de alguns estudos no cenário epidemiológico a nível nacional, o Ministério da Saúde (MS), decidiu incluí-la no calendário para toda a população – destes de 9 meses até 59 anos – determinando todo o país como área de recomendação da vacina.
 

Essa inclusão, no Sul do Estado, começou no início deste ano. Segundo dados da Fundação Municipal da Saúde, em fevereiro foram vacinadas 11.750 pessoas em Tubarão. E neste mês, mais de seis mil, somando cerca de 18 mil pessoas imunizadas. Mas ainda faltam 57 mil pessoas, dentro da faixa etária necessária. A expectativa dos profissionais é que toda a população seja vacinada até dezembro.