A segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a gripe acontece até sexta-feira (8) em todo o país. Portadores de doenças crônicas e condições clínicas especiais, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo que ainda não se imunizaram, devem garantir a dose neste período. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão ofertando a vacina, no período vespertino, com distribuição de senha a partir das 13 horas.

Para conseguir se imunizar, o paciente deve estar com uma máscara de proteção individual e precisa se ater as seguintes orientações:

• Portadores de doenças crônicas e condições especiais: devem estar munidos, além da carteira de vacinação, de um atestado médico ou um laudo que comprove a enfermidade.

• Caminhoneiros e motoristas de transporte público: devem levar algumas comprovações, como: carteira de motorista C ou superior, e comprovante que trabalha na função preconizada (folha de pagamento, contribuição do INSS ou outro documento que comprove que está ativo na função de caminhoneiro ou motorista de transporte público).

Importante ressaltar que pacientes crônicos que são acamados, podem ligar para a UBS mais próxima e relatar a situação, para que, sejam imunizados na própria residência.

De acordo com a coordenadora da Atenção Básica do município, Vanessa Venâncio, ainda falta bater a meta estipulada dos pacientes crônicos. “Vimos que teve baixa procura desse público-alvo e precisamos atingir a quantidade imposta pelo Ministério da Saúde. A maioria da população preconizada de doentes crônicos ainda não se vacinou e pedimos que quem está nesse grupo, compareça as UBS para receber a dose durante esta semana”, ressalta.

Os demais grupos da segunda etapa, como: profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas privadas de liberdade e profissionais do sistema prisional já foram imunizados, atingindo a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Para caminhoneiros ou trabalhadores do transporte coletivo não há meta estimulada, por isso a imunização segue aberta até o fim do período.

Números até o momento

• Doenças crônicas e comorbidades: 4.310 vacinados;

• Caminhoneiros: 131 vacinados;

• Trabalhadores de transporte coletivo: 65 vacinados.

Quem faz parte dos doentes crônicos

• Pacientes com doenças respiratórias crônicas, cardíacas crônicas, renais crônicas, hepáticas crônicas, neurológicas crônicas, diabetes, imunossupressão, obesos de grau III, transplantados ou portadores de trissomias. Para mais informações das enfermidades de cada subgrupo, confira a imagem abaixo.