A Guarda Municipal de Laguna existe desde 2008. Hoje, são 12 profissionais que atuam na corporação    -   Foto: GM Laguna/Divulgação/Notisul
A Guarda Municipal de Laguna existe desde 2008. Hoje, são 12 profissionais que atuam na corporação - Foto: GM Laguna/Divulgação/Notisul

 

Mirna Graciela 
Laguna
 
A exemplo da Guarda Municipal de Tubarão, a de Laguna também busca conquistou o direito de usar armas. Os dois primeiros requisitos necessários para a liberação do porte – setores de ouvidoria e corregedoria – já foram cumpridos. 
 
O próximo passo é a realização do curso que torna os guardas habilitados a usarem o armamento, na Academia de Polícia Civil (Acadepol) de Florianópolis. “Já fizemos um orçamento com a instituição e, assim que os novos se formarem, agendaremos o treinamento na capital”, revela o comandante da GM, Saleir Pereira. 
 
A Guarda Municipal de Laguna existe desde 2008. Hoje, são 12 profissionais que atuam na corporação. “Trabalhar com este número é complicado. Estamos pagando hora extra para suprir a necessidade”, lamentou o comandante. 
 
Mais 15 guardas municipais vão integrar a equipe, após receberem a capacitação, que inicia hoje. Eles já passaram pela avaliação física, psicológica e social. Trata-se de um curso de formação aos que passaram no concurso público realizado pela prefeitura, em parceria com a Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Extensão da Unisul (Faepesul).
 
O curso tem como local a Udesc de Laguna. A palestra de abertura com o tema “O relacionamento humano e suas consequências” será proferida pelo jornalista e escritor José Henrique de Souza. Amanhã é a vez do policial rodoviário federal Manoel Francisco Leal falar sobre “Os Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial”. Já na quinta-feira, o policial civil Paulo José Candido abordará o tema “Legislação”.