#Pracegover Na foto, bebê com uma touca e enrolado em uma pano de cor clara
Foto: Arquivo da família/Divulgação

A UniSul, integrante do Ecossistema Ânima Educação, por meio de seu Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde está estudando o caso do bebê Enrico, que nasceu em abril de 2021, com anticorpos contra o novo coronavírus. O caso inédito no país foi registrado na cidade de Tubarão e chamou a atenção de estudiosos de todo o Brasil.

A mãe dele, Talita Mengali Izidoro, de 33 anos, médica e professora da UniSul, foi vacinada com as duas doses da Coronavac, afinal estava atuando na linha de frente no posto de saúde no município de Tubarão. A professora recebeu a primeira dose ainda com 34 semanas de gestação após uma decisão conjunta com o seu obstetra. Enrico nasceu no dia 9 de abril e o teste que comprovou a presença de anticorpos foi realizado dois dias depois, sendo avaliado por diferentes profissionais, incluindo o secretário municipal de saúde da cidade, o obstetra que acompanhou a criança, além da mãe de Enrico e dos profissionais do laboratório que fez o exame. O bebê testou positivo para o exame de anticorpos, com resultado de 22%, que poderá aumentar com o passar do tempo por conta do aleitamento materno.

Para relatar o primeiro caso de transmissão passiva de anticorpos anti-Covid de mãe para filho após duas doses da vacina Coronavac, a equipe de pós-graduação da UniSul, liderada pela professora coordenadora adjunta do PPGCS, Fabiana Schuelter Trevisol, produziu o artigo científico. A ideia do material é fortalecer as evidências de que a vacina é efetiva e segura. O artigo já está pronto, aprovado pelo Comitê de Ética e deverá ser publicado em uma revista internacional da área médica.

“Agora, vamos acompanhar o bebê trimestralmente para ver a manutenção dos anticorpos, que deve ser transferido também pelo leite materno, a sua duração e seu desenvolvimento, garantindo a imunidade contra a Covid-19”, destaca a epidemiologista, professora e coordenadora adjunta do PPGCS, Fabiana Schuelter Trevisol.

O grupo também é responsável por outras publicações e projetos envolvendo a Covid-19 e está trabalhando ativamente no enfrentamento da pandemia em diferentes aspectos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul