Amanda Menger
Tubarão

As luzes dos canhões utilizados no Uniluz, em Tubarão, sempre atraíram a família Medeiros, de Gravatal. Pois neste ano, eles resolveram vir conferir o show de Natal de pertinho. Encantado com as apresentações artísticas, o pequeno João Vitor, de 6 anos, vibrou quando viu o Papai Noel. Ele já escreveu uma cartinha para o Bom Velhinho, e sabe na ponta da língua o que quer ganhar de presente: “Eu pedi uma bicicleta”, conta João Vitor, sob os olhos atentos dos pais, Graziela das Neves Inácio e Vanderson de Medeiros Vieira.

O pedido de João é tão clássico quanto músicas como Noite Feliz e Jingle Bells. Estas e outras canções natalinas não ficaram fora do repertório do Uniluz. Apresentaram-se a banda marcial do Colégio Dehon, a Orquestra de Câmara da Unisul, a Companhia de Dança Unisul, Coral Universitário, Bandativa, Coral Encantos, de Florianópolis, representantes de instituições religiosas, além de um grande coro formado por integrantes de outros corais da região de Tubarão. A estrela da noite foi a cantora Elba Ramalho.

A paraibana esbanjou energia no palco. Elba cantou alguns de seus maiores sucessos e ainda interpretou os clássicos de Natal. A cantora demonstrou sintonia com o tema deste ano: “Por que caminhar sozinho se podemos seguir juntos?”. “Para mim, o Natal é muito importante. O fundamento desta data é o amor, a fé, a caridade. Estes são ingredientes que estão em falta no cardápio diário das pessoas. É o período para pensarmos no que estamos fazendo de errado e nos corrigirmos”, afirma Elba.

A cantora exaltou o cunho solidário do Uniluz. “É gratificante participar de um evento que o ingresso é a doação de alimentos que serão destinados a entidades beneficentes. Natal é isso, é amar o próximo”, observa Elba.