Tubarão

 
O espaço da unidade coletora de sangue de Tubarão não tem mais comportado a demanda de doadores, que já atinge a média de 300 a 400 por mês. Inclusive, a ampliação do espaço já começou a ser a discutida.
 
A prefeitura doará um terreno para a construção da nova unidade. O compromisso foi assumido ontem pelo secretário de gestão da prefeitura, Estêner Soratto Jr., e pela gerente de saúde, Albertina Carvalho, em reunião com a diretora geral do Hemosc em Santa Catarina, Denise Linhares Gerent, e representantes do órgão.
 
Hoje, a unidade está instalada no prédio da gerência regional de saúde. A representante do Hemosc apresentou um pré-projeto padrão da nova unidade, que deverá ser construída em um terreno de mil metros quadrados. “Em nome do prefeito Manoel Bertoncini e do vice Pepê Collaço, firmamos o compromisso de doar este terreno numa área de fácil acesso à população, de preferência na região central da cidade”, afirma o secretário Estêner Soratto Jr.
 
Uma nova reunião ficou marcada para as 15 horas do próximo dia 22, quando a prefeitura deverá apresentar algumas opções de terreno. Os investimentos para a construção da nova unidade deverão vir do governo do estado.