Com 145 candidatos para apenas 25 vagas, a grande procura pelo único curso de Operador de Usina do Estado mostrou que oportunizar qualificação é o caminho para a suprir as vagas existentes no mercado.

O curso, uma parceria entre Senai e Diamante Geração de Energia, surgiu justamente para formar operadores para as vagas disponíveis no Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo.

“O Senai vem atuando junto com as indústrias e prefeituras da Amurel, proporcionando cursos que suprem as demandas da região. A taxa de empregabilidade é muito grande”, explica o Gerente de Operações do SENAI, Valmir Cabral.

As aulas realizadas no SENAI, ministradas em sua maioria por técnicos e engenheiros do Complexo Jorge Lacerda, se destinam a alunos que já possuem formação técnica em Eletromecânica, Eletrotécnica, Mecânica e Automação Industrial.

Parte do investimento na capacitação será proporcionada pela Diamante Geração de Energia, gestora do Complexo. “Temos uma lacuna muito grande de profissionais e a intenção é continuar com o curso e dar oportunidade a mais pessoas na região. Formaremos cada vez mais profissionais com alto potencial”, diz o Diretor Técnico Operacional da Diamante, Jefferson da Silva de Oliveira.

O prefeito de Capivari de Baixo, Vicente Corrêa, participou da aula inaugural e aproveitou a oportunidade para falar sobre a iniciativa. “Quando as empresas procuram um município para se instalar, a primeira pergunta que fazem para o gestor é se existe mão-de obra qualificada. Por isso, a importância de o poder público apoiar essas iniciativas”, completou o prefeito.

O curso tem duração de um ano e 700 horas-aula, com término previsto para dezembro. Os 15 melhores alunos terão vaga de estágio garantida na Diamante.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul