Último encontro do ano, ontem, na Acit, teve como convidado o gestor estadual de desenvolvimento econômico sustentável, Paulo Bornhausen
Último encontro do ano, ontem, na Acit, teve como convidado o gestor estadual de desenvolvimento econômico sustentável, Paulo Bornhausen

Tubarão

 
O ano já terminou para o Conselho Político Empresarial para o Desenvolvimento da Região, formado por representantes de diversas entidades da Amurel. Em contrapartida, 2012 já começou: o grupo tem metas definidas e temas a serem elencados no próximo ano. A primeira reunião será em Imbituba.
 
Ontem, o último convidado do ano foi o secretário estadual de desenvolvimento econômico sustentável, Paulo Bornhausen. Ele explanou sobre as metas da pasta, já inseridas no programa SC@2022, que tem o objetivo de elevar o estado a uma condição singular de inovação.
 
“São projetos, programas e ações governamentais que, em parceria com a sociedade, contribuirão com a construção de uma nova economia catarinense”, descreve o secretário. Alguns programas já estão em execução e todos iniciarão ainda este ano.
 
Ele ainda mencionou a importância de investimentos na educação neste processo, especialmente no que diz respeito aos investimentos em cursos técnicos e de graduação. “Precisamos investir nas pessoas, para que essa mão-de-obra possa ser absorvida pelas demandas das empresas daqui”, destacou.
 
Para o presidente da Associação Empresarial de Tubarão (Acit) e do conselho, Eduardo Silvério Nunes, a região ainda precisa do desenvolvimento de muitas ações, ainda que os resultados do que já foi feito sejam bastante positivos. “Precisamos de uma participação crescente, especialmente da classe política, e entender que o sul é uma única região que compartilha as mesmas necessidades e ideais”, pontuou Eduardo.