Completar uma ultramaratona já é tarefa para poucos, mas ver uma corredora encarar a competição enquanto amamenta o filho de 3 meses é mais difícil ainda. O fato aconteceu este ano durante a Ultra-Trail Mont Blanc (UTMB), onde a britânica Sophie Power continuou amamentando o seu filho durante o evento.

O registro feito por uma fotógrafa da Strava mostra o exato momento em que a atleta amamenta o filho de 3 meses e segura uma bombinha de tirar leite com uma das mãos.

“O que é excepcional não é a foto, mas é ela, em toda a sua força”, escreveu Alexis Berg, autora da foto.

Em seu Instagram, Sophie também falou sobre a foto e sua repercussão: “Há alguns dias me ligaram perguntando se poderiam compartilhar essa foto e a história por trás dela. Mas não é uma história sobre mim. É uma história sobre a luta diária de ser uma “nova” mãe. Uma história sobre a necessidade de nutrir os nossos bebês da melhor maneira que pudermos”.

Amamentação e competição

Sophie geralmente alimenta o pequeno Cormac a cada três horas, mas levou aproximadamente 16 horas para que ela chegasse em Courmayeur, onde seu bebê a esperava. Até esse momento, o marido de Sophie a encontrava em cada posto de ajuda ao longo da rota com uma bomba, para que ela tirasse leite e ele levasse de volta ao pequeno.

Por estar amamentando, o ritmo de corrida da atleta também precisou ser diferente, mais lento e constante.

“Eu não conseguia aumentar muito a minha frequência cardíaca, já que o meu corpo não está preparado para queimar gordura. E eu também não podia dar o meu máximo nas descidas porque precisava proteger a minha pélvis”, explicou a ultramaratonista. “Normalmente, em uma corrida, eu entraria e sairia dos postos de socorro o mais rápido possível, mas aqui eu tinha que me concentrar em manter comida suficiente para mim e para Cormac, e descansar ”, finalizou a atleta.

Com isso, Sophie encerrou a corrida em 43 horas e 33 minutos.