São Martinho

Santa Catarina tem hoje pelo menos 22 santuários religiosos que movimentam o turismo religioso. Na região, por exemplo, Santa Paulina ganhará um monumento singular em Imbituba. Laguna é destino de romeiros de Santo Antônio.

Treze de Maio agrega os devotos de Nossa Senhora do Caravaggio. São Martinho e Imaruí dividem as bênçãos da beata Albertina Berkenbrock. E isto para citar só os exemplos regionais da fé que também move a economia.
O grande problema da região, contudo, está na falta de infraestrutura adequada. E esta é uma promessa de investimento das esferas federal e estadual para o próximo ano.

“Acredito que, com a devida infraestrutura, surjam outros roteiros e os que já existem crescerão ainda mais. Santa catarina tem tudo para se tornar referência mundial neste segmento turístico”, destaca o deputado federal Edinho Bez (PMDB).

O deputado repercutiu o assunto em Brasília e manifestou apoio a uma das ações pretendidas pelo ministro do turismo, Luiz Barreto, em criar um calendário nacional religioso e incentivar a elaboração de mais roteiros viários. “São dois pontos essenciais para o desenvolvimento do setor”, considera o deputado reeleito.