Zahyra Mattar
Imbituba

A construção do monumento de Santa Paulina, em Imbituba, poderá iniciar ainda este ano. O primeiro repasse da verba que cabe ao governo do estado (R$ 1 milhão) será feito no próximo dia 30. Quem confirma é o secretário de desenvolvimento regional em Laguna, Mauro Candemil.

“Dividimos o montante em dez parcelas de R$ 100 mil. Este mês, vamos repassar os três primeiros meses (R$ 300 mil). Esta obra será, com certeza, um grande empurrão para alavancar o turismo na nossa região”, enaltece Candemil.

A obra será feita no Morro da Antena e deverá inserir Imbituba na rota do turismo religioso. A ideia é criar o Corredor Turístico na Amurel. Para isso, outras duas obras integram o projeto: a construção do monumento a Santo Antônio, em Laguna, e a construção do Santuário de Albertina Berkenbrock, na comunidade de São Luís, em Imaruí.

No caso do monumento de Imbituba, a estátua, a maior do mundo, custará R$ 1,5 milhão. O município já comprometeu-se em dar a contrapartida de R$ 500 mil. O mesmo valor e divisão será feito em Laguna, onde o projeto não tem data para sair do papel por conta de impedimentos ambientais.

O estado também tinha reservado o mesmo valor (as três primeiras parcelas do convênio, no valor de R$ 300, mil) para Laguna, mas a obra foi proibida de ser feita em qualquer morro da cidade, conforme um parecer do Iphan.

“No Morro da Glória, a santa divide espaço com duas antenas de TV. E, mesmo assim, no santo foi boicotado. Também não foi autorizado construir em nenhum outro morro. É uma pena. Mais uma vez, Laguna fica para trás”, lamenta Candemil.

Os projetos
O projeto dos monumentos a Santo Antônio, em Laguna, e Santa Paulina, em Imbituba, trarão um crescimento turístico não somente para as cidades contempladas com os projetos, mas para toda a região. Ambos são assinados pelo artista Marcelo Francalacci e terão, cada, 45 metros de altura.

Cada estátua terá as suas peculiaridades. A de Santo Antônio, por exemplo, terá uma sala dentro, a 25 metros de altura, que projetará permanentemente os pontos turísticos de Laguna.

Já o monumento de Santa Paulina, terá um local para meditação e a história da santa contada em três línguas. As duas estátuas serão as maiores da América Latina e terão sete metros a mais que o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, com 38 metros.