Tubaronense luta pela vida após sofrer tentativa de assassinato em Curitiba

Luanda Cruz, de 25 anos, foi atingida por 2 disparos de arma de fogo, um pegou na coluna e outro na mandíbula. A jovem perdeu os movimentos do corpo e pode ficar tetraplégica

A tubaronense Luanda Cruz, de 25 anos, está lutando para sobreviver após ser atingida por disparos de arma de fogo. O caso aconteceu na tarde de quarta-feira (27), no bairro Boqueirão, em Curitiba, onde mora há cerca de 7 anos.

Luanda foi alvejada por 3 tiros, dois acertaram ela: um na mandíbula e outro na cervical. A jovem foi socorrida pelos Bombeiros, estava consciente e conseguiu relatar como o crime aconteceu.

De acordo com a Polícia Civil de Curitiba, Luanda caminhava na rua quando foi abordada por um homem em um Celta, em seguida houve os disparos.  Após receber os primeiros atendimentos a jovem foi encaminhada ao Hospital Trabalhador de Curitiba.

De acordo com Peterson Cruz, irmão de Luanda, a situação da jovem é delicada e ainda corre risco de morrer. Depois de ficar alguns dias em coma ela já acordou, consegue conversar com dificuldade, porém, perdeu os movimentos os corpo.

“Ela vai passar por um cirurgia plástica na mandíbula, mas corre o risco de ficar tetraplégica”.

Á família de Luanda está em Curitiba e deve ser ouvida para auxiliar nas investigações. A polícia investiga o caso como tentativa de assassinato, nenhum suspeito foi preso até o momento.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul