#Pracegover foto: na imagem há uma mulher
#Pracegover foto: na imagem há uma mulher

A morte de Silésia da Silva Oliveira enlutou alunos, professores e funcionários da Escola de Educação Básica Visconde de Mauá. A ex-diretora do educandário morreu nesta sexta-feira (10) aos 69 anos, vítima de câncer. Desde janeiro ela lutava contra a doença.

A cerimônia fúnebre ocorre desde às 14h, na Funerária e Capela São Mateus, no bairro Morrotes. Às 16h30 o cortejo seguirá para o Cemitério de Travessão, em Gravatal. Ela era da voluntária da Rede Feminina de Combate ao Câncer, integrante do movimento de irmãos da igreja do Bairro Morrotes e sogra do proprietário da empresa Arlete Transportes e Logísticas, Marcelo Orlandi.

Os funerais devem ser realizados com familiares diretos e amigos próximos somente no dia do sepultamento. A cerimônia será restrita a familiares. Os ambientes deverão ser ventilados e se recomenda a suspensão de cultos ecumênicos e cortejos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul