Um plano de prevenção e combate à criminalidade foi desenvolvido pela direção do Campus de Tubarão, que conta com o apoio da Polícia Militar (PM) e Guarda Municipal (GM). “Mais gente, sinalização e uso da tecnologia para a comunicação nas ações rápidas”, salientou o diretor do Campus, professor Rafael Faraco.

O planejamento simplifica a comunicação e a mobilização no campus, com a decisão de manter apenas uma entrada aberta nos blocos e a disseminação, através de placas, das informações imprescindíveis como medidas de segurança. O ramal da central de segurança – 3282 – será amplamente divulgado, aprimorando a relação entre o setor de monitoramento e os usuários do campus.

A melhoria da iluminação do campus é outra providência, evidenciada como mecanismo de frustração das ações de criminosos. “Serão novos refletores em pontos de vulnerabilidade e estratégico para a segurança”, explicou o professor Faraco.

Outras medidas compreendem a criação de grupo de segurança no whatsapp, com colaboradores e terceirizados relacionados com o sistema de segurança e monitoramento;  revisão dos pontos de ronda da Khronos; capacitação de colaboradores nos blocos sobre cuidados com a segurança; fixação de placas de aviso das restrições de acesso aos blocos; remoção do ônibus em estado de sucateamento no campus; revisão das fechaduras e instalação de chaves tetra e portas pantográficas no Cettal e Centec, e outras providências.

A Polícia Militar e Guarda Municipal são parceiros fundamentais já que a questão de segurança é complexa e ampla. “Quem entende de segurança são a PM e a GM, que têm colaborado intensamente conosco, com monitoramento presencial no campus e redondeza”, destaca Rafael Faraco.

Para o diretor do Campus, a ação permanente da vigilância proporcionará maior sensação de segurança a todos, com a área de comunicação mantendo-se presente na atualização das informações referentes às providências e aos resultados alcançados.

Rafael Faraco conclui que o problema de segurança não é apenas um desafio da Universidade e da cidade, mas de todo o estado e do país. “Nós, Unisul, Polícia Militar e Guarda Municipal estamos integrados neste esforço e confiantes em resultados positivos”, concluiu.