Em breve Tubarão vai receber um novo aplicativo de transporte, com ideal diferenciado de colaboração: denominado ‘Colabora Mobi’. Além de apresentar as soluções para a mobilidade urbana, tem um caráter colaborativo e de responsabilidade social, com a destinação de um percentual da renda de todas as corridas para instituições locais. E quem escolherá a Instituição de Bem Social para a destinação dos 2% do valor pago é o próprio passageiro.

Trata-se de um projeto nacional, nascido em São Paulo, e que está em fase de teste em municípios do interior paulista, já com mais de 100 motoristas. 

A primeira cidade do Brasil a ter o aplicativo foi Ponta Grossa, e a partir de março será implantado em municípios com até 500 mil habitantes. O aplicativo terá o diferencial de ter gestores regionais, que possibilitarão a adaptação, com soluções locais de mobilidade.

Outro ponto diferencial será que para os motoristas, a liquidez será maior, já que não haverá um percentual a ser destinado (como acontece com o Uber ou 99, por exemplo), mas uma licença, com valor fixo diário ou mensal, e assim o motorista não divide os ganhos com a empresa. Inclusive os motoristas poderão participar da decisão da escolha das tarifas junto com o gestor regional.

Isso tudo também traz benefícios aos usuários, com preços sempre menores aos aplicativos já existentes, além de diferentes categorias de serviços para cada perfil de passageiro. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.colabora.mobi ou pelo e-mail contato@colaborasocial.com.br.