#Pracegover Foto: na imagem há um homem com barba grisalha e com o rosto, o nariz e a testa riscado de canetinha
#Pracegover Foto: na imagem há um homem com barba grisalha e com o rosto, o nariz e a testa riscado de canetinha

O professor de história Plinio de Souza Ferreira morreu nesta quinta-feira (25), em Tubarão. Ele veio a óbito em decorrência de diabetes. Plinio completou no início do mês passado 52 anos.

Atualmente, o historiador trabalhava educando os estudantes da Escola de Educação Básica Aderbal Ramos da Silva, que fica no bairro Santo Antônio de Pádua. Não há informações sobre o velório e sepultamento

A morte do educador comoveu colegas e alunos dele. “Era apaixonado por História e pela educação. Uma perda irreparável. Nossos sinceros sentimentos aos familiares. Vá em paz nobre amigo”, lamentou o também professor de história João Batista monteiro.

A ex-aluna Tatiana Nandi Manarin, em suas redes sociais lembrou do educador com carinho. “Cumpriu muito bem a sua missão como professor e ser humano. Não é à toa que conquistou o afeto de todos os seus alunos. Foi meu professor e da minha filha. Vá em paz professor Plínio”.