#Pracegover foto: na imagem há um homem com camisa listrada
#Pracegover foto: na imagem há um homem com camisa listrada

Pedro Hercílio da Silva Júnior, de 57 anos, está desaparecido desde a manhã desta terça-feira (28). Conforme a esposa de Pedro, Jorgeana Razzolini, ele deixou a sua residência por volta das 9h e desde às 10h, não há mais informações sobre o homem. Ela conta que ele usava agasalho escuro e camiseta. O homem deixou a casa dirigindo um Meriva vermelho.

Para o Notisul, Jorgeana contou que o esposo tem realizado um tratamento para  depressão. “Ele faz tratamento há 2 anos com um psiquiatra, porém ele estava passando por uma crise depressiva bem forte. O Pedro era medicado, estava afastado dos trabalhos na escola e eu estava com ele o tempo todo”, conta.

Segundo a esposa do profissional de educação, ele acordou e passado algum tempo disse que sairia para comprar ração para os seus cães. “Ele saiu de carro para comprar o alimento e estava demorando para chegar em casa. Mesmo quando estava trabalhando, ele tinha um horário certo para levar o nosso filho para a escola. A partir de então comecei a ficar preocupada, liguei para a polícia para me informar como deveria proceder. Uma viatura veio na minha residência para tomar algumas anotações, foi feito um Boletim de Ocorrência e iniciamos as buscas”, explica.

Após conversar com os profissionais de segurança pública, Jorgeana entrou em contato com o médico psiquiatra de Pedro e recebeu a informação que ele tinha passado no local para pegar uma receita médica. Com a receita em mãos, o homem passou em uma farmácia e comprou a medicação. “Além do consultório o Pedro também foi na farmácia que costumamos comprar. Liguei para lá e nos avisaram que ele passou no local por volta das 10h, e depois desse horário não há mais informações”, pontua.

Ela conta que desde esta terça-feira tem feito inúmeras ligações para hospitais e que está em contato com parentes, amigos e profissionais de segurança pública. “Não há informações, as respostas são sempre as mesmas de negação. Estamos em um estado de agonia. Não sei o que pensar, o que fazer e muito preocupados”, finaliza.

Pedro é professor de educação física. Ele leciona na Escola de Educação Básica Henrique Fontes, no bairro Humaitá, em Tubarão. O educador físico está afastado de suas funções há pouco mais de 15 dias. Ele é casado com a também professora Jorgeana Razzolini, que ministra a disciplina de geografia. Eles têm dois filhos, uma jovem de 23 anos e um menino de 10 anos. Informações sobre o profissional de educação física podem ser repassadas para a família nos telefones (48) 3632-5759, (48) 99966-3178 ou para as polícias Civil e Militar pelos números 181 e 190.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul