#Pracegover Foto: na imagem há um frasco com uma dose de vacina e uma mão
#Pracegover Foto: na imagem há um frasco com uma dose de vacina e uma mão

A sanção presidencial da Lei que permite a compra direta de vacinas contra a Covid-19 por estados, municípios e iniciativa privada, deixou a prefeitura de Tubarão mobilizada para uma possível compra de 130 mil doses. Essa movimentação acontece por meio da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que articularam a criação de dois consórcios de intenção de compra, dos quais a Cidade Azul formalizou interesse em participar.

Como a liberação da compra nesse formato foi recentemente oficializada, ainda não existe uma estimativa de prazo ou investimento em torno da compra das doses, já que o modelo proposto e aprovado prevê a negociação entre as indústrias farmacêuticas e os consórcios da Fecam e FNP.

“Já fizemos uma declaração oficial do interesse em comprar 130 mil doses e encaminhamos o Projeto de Lei para a Câmara de Vereadores, pois há a necessidade de aprovação legislativa para o ingresso no consórcio nacional”, destaca o prefeito Joares Ponticelli.

Enquanto aguarda por um desfecho, a prefeitura segue a campanha nacional de vacinação com as doses enviadas pelo Governo Federal, através do sistema SUS. “Imunizamos todas as pessoas possíveis dentro dos critérios previstos pelo Ministério da Saúde e já disponibilizamos os recursos para comprar doses e imunizar toda a população”, ressalta o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol.

Na quarta-feira (10), Tubarão promoveu a vacinação da 2ª dose contra a Covid-19 em idosos acima de 85 anos. A ação ocorreu em formato drive-thru, no estacionamento do Farol Shopping. Na sexta-feira (12), a imunização será para os idosos com idade a partir dos 78 anos, que receberão a primeira dose.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul