Uma paciente diagnosticada com o novo coronavírus em Tubarão, questionou neste fim de semana o resultado de testes rápidos feito no município. A dúvida surgiu quando ela testou positivo no teste rápido, porém, ela recebeu um dia depois diagnóstico negativo pelo teste de farmácia.

Paloma Santos conta que testou positivo na última quinta-feira (6), no entanto, não apresentou nenhum sintoma. “Simplesmente deu positivo não me mostraram teste não me orientaram nada e disseram para passar no médico, que me deu sete dias de atestado e mais nada, nenhum remédio, nenhuma recomendação”, destaca.

Segundo ela, o esposo, que é autônomo fez o teste rápido em farmácia e negativou. Contrariada com o teste do município, Paloma resolveu fazer a contraprova em uma farmácia e deu negativo. “Esses testes gratuitos estão vindo forjados, para vir mais dinheiro para os cofres públicos? Querem ganhar quantos em cima de cada resultado positivo? Quantos em cada morte, que colocam que é Covid-19? ”, questiona.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol, pontou que os testes rápidos utilizados pela prefeitura de Tubarão são validados pela Anvisa. “Esses testes possuem sensibilidade bastante grande, pode obviamente dar falso positivo como falso negativo. Assim como os testes de laboratórios particulares possam também ocorrer em falso negativo ou positivo. Estamos avaliando esta questão. De qualquer forma, vamos continuar fazendo o nosso trabalho e se o teste for positivado o afastamento das pessoas deverá ocorrer como prevê a orientação da política da saúde pública”, enfatiza.

Conforme a Anvisa, os testes rápidos positivo indicam que a pessoa teve contato recente com o vírus ou que já teve covid-19 e está se recuperando ou já se recuperou, uma vez que indicam a presença de anticorpos no organismo. Essa presença só é diagnosticada a partir do oitavo dia de contato com o vírus. A agência diz ainda que os testes rápidos podem identificar outros tipos de coronavírus, o que é considerado o falso positivo.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul