O projeto selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021 visa realizar quatro oficinas de iniciação ao Teatro no formato presencial com grupos de idosas do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município de Tubarão com o intuito de resgatar e pesquisar, de forma artística, as memórias a respeito da Enchente de 1974. O projeto Oficina de Teatro e Memórias da Grande enchente busca introduzir o trabalho com a teatralidade através de jogos teatrais e, com isso, fazer um reconhecimento do grupo e de suas individualidades, bem como introduzir o trabalho com a contação de histórias utilizando como disparador as memórias da enchente das próprias participantes.

Tema da Oficina Cultural: Iniciação ao Teatro e Contação de histórias a partir da temática da Enchente de 1974

 Oficineiros: Geruza Bandeira e Túlio Fernandes

Dois grupos de idosas da cidade de Tubarão, com aproximadamente 25 participantes cada, que são assistidas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Em específico mulheres entre 60 e 80 anos de idade que compõem os grupos do CRAS II e CRAS III do município, que estão localizados no bairro Passagem e no bairro Oficinas da cidade de Tubarão. O público estimado de abrangência do projeto será de 50 participantes em situação de vulnerabilidade social que compõem os grupos de idosas assistidas pelo CRAS.

 Cronograma:

            As  oficinas de iniciação teatral contaram com 4 encontros de 1h30min cada e será realizada com dois grupos diferentes de idosas assistidas pelo CRAS Tubarão-SC:

 

  Público-alvo Quantidade Quando
Oficina I Grupo de idosas CRAS Passagem 1 encontro de 1h30min 09/03/22
Oficina II Grupo de idosas CRAS Oficinas 1 encontro de 1h30min 10/03/22
Oficina III Grupo de idosas CRAS Passagem 1 encontro de 1h30min 16/03/22
Oficina IV Grupo de idosas CRAS Oficinas 1 encontro de 1h30min 17/03/22

 

Carga Horária

6h (1h30min por oficina sendo 4 encontros programados com dois grupos diferentes) 

Metodologia:

O foco da proposta metodológica é construir caminhos para desenterrar as memórias da Enchente de 1974 e ressignificá-las a partir do campo poético do Teatro. A oficina será pautada na iniciação em Teatro a partir do contato com a Improvisação Teatral  e a Contação de Histórias, usando como base de criação as memórias e histórias ressignificadas. As memórias serão revisitadas e encenadas a partir de jogos teatrais em grupo, utilizando da Improvisação Teatral e também da metodologia do Playback Theatre.