Foto: Rede Santa Catarina

Uma mulher de 85 anos, moradora de Tubarão, faleceu nesta semana de Influenza A. A idosa deu entrada no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) no último domingo (26) e morreu nesta quarta-feira (29).

Os exames laboratoriais que confirmaram se tratar de gripe A ficaram prontos nesta sexta-feira (31) e confirmaram a cepa. A equipe do HNSC já notificou as vigilâncias epidemiológicas Municipal e Estadual.

Este é o primeiro óbito por Influenza A confirmado em Tubarão e na Amurel. Nesta semana, uma menina de 12 anos morreu de gripe A H3N2 em Brusque.

O caso foi confirmado no fim da noite desta quinta-feira (30) pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive). Antes dela, uma morte por gripe A, de uma idosa de 96 anos, moradora de Joinville, também foi confirmada.

Até o momento, Santa Catarina contabiliza 55 casos de Influenza: um de gripe A H1N1, dois de gripe B, 47 de gripe A H3 e cinco de gripe A.

O vírus influenza é uma doença infecciosa febril aguda, com maior risco de complicações em alguns grupos vulneráveis. A doença pode evoluir para formas mais graves, como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e até óbito.

 

Campanha de vacinação teve baixa adesão em 2021
Para a realização da 23ª Campanha Nacional de Vacinação, realizada entre os dias 14 de abril a 9 de julho deste ano, o estado distribuiu 2.757.310 doses da vacina contra o H1N1, H3N2 e linhagem B.

Apesar dos esforços, a adesão neste ano foi menor. Tanto, que no fim da campanha o Ministério da Saúde (MS) recomendou a continuidade da aplicação da vacina, para toda a população a partir dos 6 meses de idade, além dos grupos elencados como prioritários.

Até esta quinta-feira (30), a cobertura vacinal alcançada em Santa Catarina é de 67,5%.

 

Medidas de prevenção

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir o nariz e boca com o antebraço ao espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter o uso da máscara, especialmente nos locais pouco ventilados ou em que não é possível manter o distanciamento social;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe;
  • Evitar sair de casa em período de transmissão da doença;
  • Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);
  • Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul