#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher sorrindo
#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher sorrindo

A moradora de Tubarão Sônia Nunes Campos, de 55 anos, veio a óbito neste sábado (12), em Tubarão. Ela era esposa do ex-vereador pela Cidade Azul, Evaldo Campos, o Socadinho. A mulher sofreu um aneurisma e também um Acidente Vascular Cerebral. Ela não resistiu.

Sônia deixa o esposo e três filhos. Ainda não há informações sobre o sepultamento. O velório ocorrerá das 8 às 14h, deste domingo (13), na na Funerária e Capela Santa Terezinha, no bairro Oficinas, em Tubarão.

O aneurisma cerebral é a dilatação exagerada das paredes das artérias intracranianas. Ele pode se romper, causando hemorragia no cérebro – um AVC hemorrágico, que ocorre quando um vaso sanguíneo se rompe dentro do cérebro, extravasando sangue.

O AVC hemorrágico é a quarta doença que mais mata no Brasil. Pode ser hereditário, causado por doenças pré-existentes, como diabetes e hipertensão, entre outras, ou desencadeado por hábitos pouco saudáveis, como consumo excessivo de sal, açúcar e gordura, além de sedentarismo e tabagismo. Estima-se que 90% dos casos podem ser evitados com hábitos saudáveis.

O aneurisma cerebral pode se romper e causar uma hemorragia cerebral ou permanecer sem estourar durante toda a vida. Os aneurismas também podem ocorrer em qualquer artéria do corpo, como as de coração, rins e abdômen. Os do tipo cerebral e da aorta torácica e abdominal apresentam altas taxas de mortalidade.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul