Mirna Graciela
Tubarão

Uma coletiva foi realizada agora há pouco pela prefeitura de Tubarão para informar e esclarecer sobre a epidemia do COVID-19 e as medidas que estão sendo tomadas para a prevenção do coronavírus. “Hoje veio a confirmação de dois casos ainda não listados oficialmente, pois certamente muitas pessoas procuram laboratórios particulares. Com a informação de hoje discutimos tópicos do decreto, que serão as primeiras ações que vamos colocar em prática para reduzir a circulação de pessoas”, disse o prefeito Joares Ponticelli.

Conforme ele lembrou, a cidade é polo, macrorregional em saúde, isso também aumenta a circulação de pessoas de outras regiões. O prefeito também pediu a colaboração da pessoas. “Infelizmente há muitos que utilizam fake news para disseminar inverdades, temos que checar a informação, sua fonte, para compartilhar”.

“Precisamos que esse contágio aconteça na menor escala possível – a partir de amanhã (terça-feira) teremos paralisação de vários serviços – suspensão nas aulas nas redes pública e privada, festas, eventos, casamentos, entre outros, o objetivo maior é dificultar a circulação do vírus”, enalteceu o prefeito. 

“Vamos precisar da solidariedade e engajamento das pessoas. Aqueles que vão parar as atividades escolares não é período de férias, é para se recolherem”, finalizou.

O diretor-presidente da Fundação de Saúde, Daisson Trevisol, ressaltou que somente todos juntos é que conseguiremos vencer esse vírus. “Nós não fomos notificados, mas hoje confirmamos, já tratamos esses dois casos como confirmados”.

Amanhã (16) as atividades nas escolas ainda estarão mantidas, mas a partir de quarta-feira ficarão paralisadas por 15 dias. 

https://notisul.com.br/geral/158021/duas-tubaronenses-fazem-primeiro-exame-e-testam-positivo-para-coronavirus