#Pracegover Foto: na imagem há inúmeras roupas para comercialização
#Pracegover Foto: na imagem há inúmeras roupas para comercialização

Mais uma edição do Bazar Beneficente ocorrerá nesta sexta-feira (4), sábado (5) e domingo (6), no salão paroquial da igreja matriz de Humaitá. Serão comercializadas centenas de peças de  roupas, calçados e utensílios domésticos. Os preços dos produtos são convidativos e variam de R$ 3 a R$ 20.

As vendas ocorrerão nos três dias das 9h às 18h. Com o montante arrecadado, os organizadores irão comprar cestas básicas para atender famílias em vulnerabilidade social, que residem em Tubarão. São mais de 150 famílias cadastradas. Além das cestas, há a colaboração com as pessoas que necessitam de medicamentos e fraldas geriátricas. A pastoral também auxilia no pagamento de energia elétrica, água e gás. Estas últimas são situações esporádicas, mas que às vezes ocorrem.  As formas de pagamentos: são em dinheiro, cartão de débito e de crédito, além de PIX

Conforme o coordenador da Pastoral Social Cáritas da Igreja Matriz de Humaitá, Sergio Mendes Rufino, os bazares da Pastoral Social surgiram no início da década passada, porém eram exclusivamente de roupas, bolsas e outros acessórios novos. “Eram doações de lojas de departamento a de todo o Brasil que eram doadas para a Cáritas Diocesana e ela repassava para as suas filiadas da Diocese, que é o nosso caso.  No entanto, a partir de 2020, com a pandemia da Covid-19, essas doações de roupas novas pelas lojas de departamento foram reduzindo e as necessidades de atender às famílias em vulnerabilidade social aumentaram muito e surgiu a ideia de mesclar o bazar com roupas e calçados novos e usados”, explica.

Ele conta que várias fontes de doações. A maioria ocorre por meio de trabalho de divulgação nas redes sociais como Facebook, Instagram e grupos de Whatsapp, além de solicitados nas missas e dentro das pastorais e movimentos da igreja. Muitas empresas, lojas de roupas e de calçados são parceiras e doam produtos novos, onde os idealizadores conseguem mesclar no bazar produtos novos e seminovos.

Sérgio destaca que nestes três dias serão observados os protocolos de higienização e de distanciamento: uso de máscaras e álcool gel para os voluntários envolvidos nos trabalhos, bem como para os clientes. O salão paroquial tem capacidade, estabelecida pelo Corpo de Bombeiros, para 330 pessoas e o máximo de pessoas que deverão permanecer no ambiente será de 10%, ou seja, 33 pessoas para evitar aglomerações.

Não há limites de compras. ” As roupas em geral feminina, masculina e infantil variam de R$ 3 até R$ 15, onde prevalece a maioria dos produtos que temos no valor de R$ 5. Temos aproximadamente 300 pares de sapatos novos, somente feminino, no valor de R$ 20. São sapatos de festa novos que na loja custavam até R$ 300 e estamos vendendo por apenas R$ 20″, observa.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul